Nota de Repúdio

Nota de Repúdio
Expressamos através desta, nossa inconformidade com a lamentável charge publicada na Zero Hora de deta quinta-feira(16/08). Tratar como BURRO o estudante que é a principal vítima do processo de exclusão e destruição da escola pública é inaceitável.
Nas próximas semanas desfilarão pelas suas páginas dezenas de especialistas tentando fugir de explicar o óbvio: a política de sucateamento da estrutura das escolas, desvalorização dos professores e derrubada completa de qualquer resquício de qualidade na escola pública, implementada a partir de 1995 por FHC, seus governadores aliados e vivida mais claramente no RS no Governo Yeda, produziu seus efeitos: 50% de escolas sem laboratório de ciências, 9,5% sem biblioteca, um terço sem laboratório de informática e quadra de esportes, 116 mil alunos reprovados ou evadidos no ensino médio gaúcho só em 2010. 
 
Em 2012 completamos 80 anos do Manifesto dos Pioneiros e aproveitamos para citar suas palavras:
"Os obstáculos acumulados, porém, não nos abateram ainda nem poderão abater-nos a resolução firme de trabalhar pela reconstrução educacional no Brasil. Nós temos uma missão a cumprir: insensíveis à indiferença e à hostilidade, em luta aberta contra preconceitos e prevenções enraizadas, caminharemos progressivamente para o termo de nossa tarefa, sem abandonarmos o terreno das realidades, mas sem perdermos de vista os nossos ideais de reconstrução do Brasil, na base de uma educação inteiramente nova."
 

Esses desafios não nos abatem, apenas redobram nossa energia e nosso chamamento: UNIR O RIO GRANDE EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA DE QUALIDADE!
 
Porto Alegre, 16 de agosto de 2012.
 
UNIÃO GAÚCHA DOS ESTUDANTES